Posted by : Jornalismo e Relações Públicas Uespi quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Dando continuidade a programação do 2° dia da III Semana Audiovisual os jornalistas Washington Filho e Yala Sena debateram com o grande público presente sob mediação da professora Sammara Jericó a relação entre a fonte e o repórter e os principais desafios da profissão.



Jornalista com mestrado em comunicação pela UFPI e professor da faculdade Estácio Ceut. Atualmente trabalha na Framme Produções, Washington Filho debateu sobre a ética e o papel das assessorias de imprensa no Estado.

Ao falar sobre a relação entre jornalistas e políticos, o profissional destacou. "A ética dos jornalistas é a ética do cidadão, são valores e princípios que se constroem em toda a vida, a gente não pode reprovar porque é uma atividade do assessor de imprensa, está sendo elaborada para se estreitar laços, fortalecer relacionamentos entre o político e o jornalista então a gente não pode reprovar porque existem esforços para aquilo, agora vai muito da ética profissional", afirmou.

Sobre o seu pensamento a respeito do papel das assessorias de imprensa, Washington destacou que está ocorrendo é a profissionalização das assessorias. "É uma inovação, pensar a tipologia daquele veículo e a partir disso tentar mensurar o alcance daquela publicação, na Framme as meninas começam a pensar em um filme e a projeção da divulgação desse filme, a gente manda para os veículos certos", destacou.

Editora-chefe do portal Cidadeverde.com, site que ajudou a idealizar e lançar no mercado, formada pela Universidade Federal do Piauí e colabora com o jornal Folha de São Paulo, a jornalista Yala Sena respondeu várias perguntas do público presente debatendo a sua opinião sobre diversos assuntos.



"Cada um tem a sua ética, visão de entendimento, acredito que tem que ter uma relação sim do jornalista com o político, mas você tem que saber equilibrar, não é por causa de eventos que os políticos vão me comprar, tem situações que você tem que rejeitar, outras eu vou para buscar informação", exemplificou.

Sobre os veículos de comunicação que aceitam e repassam releases de assessorias na íntegra, Yala afirmou: "A grande mídia já esta adotando uma nova postura, grandes veículos de comunicação não aceitam mais o release e as assessorias tiveram que criar uma estratégia", comentou.

A jornalista foi indagada sobre qual a instrução o veículo de comunicação em que ela trabalha dá para os jornalistas que recebem release. "Eu prefiro perder o furo do que fazer algo errado, a gente está se deparando com assessoria que nos passa a informação errada ou nos nega alguma informação, o release é uma sugestão de pauta, você tem que ligar para a fonte, as pessoas envolvidas e se for denuncia tem que ouvir o outro lado, o ideal seria ignorar release mas na atual conjuntura que se vive o jornalismo reduzindo cada vez mais então nós não podemos fazer isso", declarou.

No final do bate-papo, os dois profissionais deixaram dicas de como ter sucesso no webjornalismo. "A primeira tarefa é conhecer o meio e as potencialidades que essa plataforma pode oferecer, você tem que conhecer os benefícios que ela oferece no trabalho e ir a fundo", aconselhou Washington.

Já Yala aconselhou muita leitura aos próximos profissionais. "A primeira coisa é você estar bem informado, jornalista tem a obrigação de ler e estar bem informado você tem que gostar de leitura, tem que ser dinâmico, entender as plataformas, você vai entrar no mercado que ele exige um profissional que entende de tudo, de fotografia, texto, você vai gravar, vai fotografar, tem que conhecer as ferramentas, promover debate, ter um análise de conjuntura, você não pode ficar apático, tem que estar antenado e principalmente gostar do que faz, vocação, experiência e conhecimento", desejou a jornalista.

Por: Mayara Dias

Confira mais fotos: 














Deixe um comentário...

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2013 IV Semana Audiovisual UESPI - Shiroi - Powered by Blogger - Designe por Johanes Djogan com edições de Daniel Simão -